Banner X-tudo Cultural
22
Ago
2018

Coletivo Flores - Penha

19h

Mostra de Dança Urbana

Apresentação de jovens dançarinos do núcleo macaense CIEMH2

Ás 19h

Coletivo Flores - Penha

Inspirado na Lei Maria da Penha, o espetáculo de dança apresenta coreograficamente a violência doméstica, na medida em que as relações de vida se revelam pelos intérpretes.

Em 2009, a coreografa e diretora Taís Vieira desenvolveu um estudo de danças urbanas para o corpo feminino, que anteriormente era muito masculinizado. A partir dessas pesquisas nasceu já circulando em cenário profissional internacional o Coletivo Flores.

O grupo teve sua primeira formação a partir de um trabalho proposto só com mulheres em turnê pela França, Brasil e Equador. Em 2011 o coletivo ampliou seu conceito de criação e tornou-se uma companhia mista, onde o corpo feminino ainda é objeto de estudo dentro das linhas das danças urbanas, mas este passa a ser reconhecido sem nenhuma distinção de gêneros.

A partir de então circula com seus espetáculos em diferentes cenários da dança a fim de divulgar sua linguagem corporal experimental.

Duração: 75 minutos

Ficha técnica:
Direção e concepção: Taís Vieira
Coreografia: Coletivo Flores
Intérpretes: Daniele Morethe, Lorena Bitencourt, Luiz Philippe Spranger, Luize Helena Pessanha, Joyce Pacheco, Rafael De Souza, Renato Mota e Thiago Morethe
Direção de produção: Dilma Negreiros

Foto: Renato Mota

22/08/2018 - 19h

16 anos

Teatro da Firjan SESI em Macaé

Alameda Etelvino Gomes, 155 - Riviera Fluminense ( Vendas de ingressos: segunda a sexta, das 8h às 19h45, na bilheteria do teatro. )

X-Tudo_Mostra de dança Macaé 2
X-Tudo_Mostra de dança Macaé 2