Portal Sistema Firjan
menu

O Programa ViraVida: Jovens do Futuro é uma tecnologia social chancelada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que atua há dez anos no Rio de Janeiro atendendo jovens de 14 a 22 anos oriundos de favelas e periferias. Em 2020, a partir do contexto do novo coronavírus, foi construída uma versão on-line do projeto, visto que a Firjan SESI compreende a importância do acolhimento, do fortalecimento da rede de apoio e da continuação do desenvolvimento psicossocial dos jovens frente aos desafios já existentes no âmbito social, educacional, de empregabilidade e saúde, e que estão sendo agravados em decorrência da pandemia. 

O programa oferece três módulos independentes com duração de três meses cada. Dentre esses módulos estão: 

a) Empregabilidade na prática: o módulo pretende repercutir as questões relacionadas ao Mundo do Trabalho, abordando aspectos históricos, práticos e comportamentais. Neste módulo, os jovens poderão refletir acerca do seu perfil profissional e aprimorar a sua performance em processos seletivos, que vão desde a elaboração de seu currículo pessoal até aspectos socioemocionais em situações de dinâmicas de grupo e entrevistas;

b) Construindo meu Projeto de Vida: pretende desenvolver habilidades e competências práticas visando uma otimização do processo de planejamento dos jovens em relação à sua vida pessoal e carreira profissional, ajudando-os na identificação de seu potencial, pontos a desenvolver, interesses e desejos para assim atingirem seus objetivos de curto, médio ou longo prazo;

c) Cuidando da minha saúde emocional: possui o objetivo de promover um mergulho no autoconhecimento, possibilitando ao jovem um aumento de repertório em relação às suas emoções e aos seus sentimentos, e principalmente, auxiliando-os com estratégias para um manejo equilibrado de situações de estresse e ansiedade e de autocuidado.

Todas as ações são pautadas no acolhimento, no diálogo e na construção coletiva, contando com uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, pedagogos, assistentes sociais e professores de português e matemática. O programa acontece em plataformas já conhecidas pelos jovens, promovendo atividades assíncronas, em que o jovem escolhe a hora que ele vai fazer - e síncronas, com horário agendado, duas vezes na semana. No final dos três meses do projeto, os jovens que tiverem o mínimo de 75% de frequência recebem certificado de participação. 

Aguarde o início das inscrições para turmas em 2022. 

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida